Como Cuidar do Bernese Mountain Dog

Publicidade:

Raça canina originária do cantão de Berna, na Suiça, o boiadeiro de berna, também chamado de montanhês, é uma das raças caninas mais bem sucedidas que já se estabeleceu na Europa e América do Norte. Cão extremamente companheiro, embora seja de um porte que contraria a afirmativa, o cão bernese foi criado efetivamente para o trabalho nas montanhas. Entretanto, seu jeito doce, foi conquistando cada vez mais pessoas no mundo inteiro, que passaram a tê-lo também como um cão de guarda e de companhia.

Os cães da raça bernese podem atingir um tamanho que varia entre 44 quilos e 70 centímetros de altura, isto referente aos exemplares machos. Sua expectativa de vida não está entre as mais altas dentro da esfera canina, eles vivem em torno de 7 anos. Isto ocorre por conta dos cruzamentos que foram feitos entre raças para a obtenção do bernese, as quais acarretaram em alguns problemas de caráter gênico. Alguns exemplares da raça têm apresentado câncer nos ossos, mastocitomas, atrofia progressiva da retina –que pode levar o cão à cegueira, displasia coxo-femural – má formação no encaixa da cabeça do fêmur com a bacia, todas doenças que limitam muito a continuidade da vida deles.

Os cuidados com os bernese são muitos, então para tê-los em casa, é fundamental gostar de cães de grande porte, além de saber que irá dispender tempo com o animal. Ele possui pelagem longa, de cor dominantemente preta. Esta requer banhos constantes, bem como escovações, não apenas para a higiene, mas também para refrescá-los. Isto não somente em casos que eles estejam vivendo em áreas fora de seu habitat natural. Eles também precisam de bastante espaço para se exercitarem, não são cães para ficarem presos em pequenos quintais. Gostam muito da companhia humana, não são solitários, portanto. Alimentação deve ser o mais saudável possível, por isso o mais recomendável é a ração.

E os primeiros cuidados com este tipo de cão em seus primeiros meses de vida, são cruciais para a sobrevivência deles. Um veterinário para acompanhar o desenvolvimento do primeiro mês, sem sombra de dúvida, é o mais importante para determinar como será o cão na vida adulta. Todas as vacinas devem ser dadas e eles somente deverão ser afastados de suas mães após dois meses de vida. Os berneses também devem conviver com seus donos desde cedo, pois precisam receber a imposição de limites, porque caso contrário, são cães bastante desobedientes.