Neon Cardinal, Lindo Peixe de Aquário

Publicidade:

O peixe Neon cardinal é um dos peixes ornamentais que é mais conhecido e utilizado no mundo do aquarismo, e com isto a sua fama deverá ser igualada a dos Kinguios, os Bettas, os Lebistes, entre outros peixes. Por ser reconhecido notoriamente nas criações de aquários circulam diversos tipos de boatos e mitos sobre o peixe, e por isso a seguir iremos esclarecer um pouco mais sobre toda a ecologia e comportamento deste peixe de grande beleza.

Este peixe pertence a família das Characidae, esta que é a mais complexa e numerosa da Ordem dos Characiformes devido a toda a sua complexidade da família não é possível a caracterizar apenas com seus atributos externos e facilmente que devem ser observáveis. Em via de regra eles apresentam um pré maxilar não portátil e uma nadadeira adiposa que normalmente está presente.

Este é um peixe que vive em águas ácidas, mais quentes e fica nas partes mais escuras. O macho da espécie é um pouco menor do que a fêmea e tem seu ventre mais magro e reto, ele apresenta uma pequena alteração no primeiro raio de sua nadadeira anal que é bastante parecida com um formato de ganchos de um anzol. A fêmea por sua vez é o contrário, é bem maior e possui um ventre um pouco mais volumoso, roliço e principalmente nas épocas de desova. São considerados como peixes cardumeiros e pacíficos, eles nadam á meia água e no fundo do aquário.

Qual a alimentação ideal para o Neon Cardinal

Em meio natural a espécie se alimenta de microcrustáceos e também larvas de quironomídeos, enquanto isto a ingestão de algas vem pouco frequente. Como eles são onívoros comem de tudo, e por isso é importante colocar alimentos vivos na sua dieta ao menos uma vez por semana para que ele não ataque outros peixes. Vale a pena colocar larvas de mosquitos, enquitréias, artêmias, entre outros. Outra coisa interessante e que muitos dos aquaristas não fazem é colocar a ração a base de vegetais e algas na sua dieta oferecendo maiores quantidades de nutrientes. Por isso é importante ter cuidado para que o peixe tenha uma vida mais longa.