Saiba Mais Sobre a Raça Rottweiler

Publicidade:

Esta é uma das raças mais conhecidas entre os brasileiros. Talvez por ser de porte grande e ótimo cão de guarda as pessoas acabam criando essa raça apenas para isso. Mas o Rottweiler não é esse monstro todo, muito pelo contrário, são cães extremamente carinhosos e amantes de crianças, vamos ver um pouco mais sobre ele e tirar as dúvidas?

A origem do Rottweiler

Ninguém sabe ao certo como é a origem dessa raça, o que se sabe é que desde a Idade Média ele é muito usado com cão pastor e que provavelmente descende do Mastiff italiano.

Algo importante sobre a origem dessa raça é que quase íamos ficando sem ela, ainda no século XIV, a raça ia sendo dizimada, no entanto, ela conseguiu sobreviver e voltou com força no século seguinte.

As principais características do Rottweiler

  • Porte grande;
  • Ótimo caçador;
  • Ótimo cão de guarda;
  • Adora Crianças;
  • Detesta outros cães, principalmente outros machos;
  • Não é agressivo;
  • Cão de alerta e policial;
  • Muito inteligentes;
  • Cheios de energia;
  • Extremamente apegado aos donos;
  • Muito territorialista e;
  • Sério, confiante, alegre e brincalhão.

Depois de ver todas essas características, vamos nos aprofundar mais um pouco sobre o rotweiller. Ele é de porte grande e por isso necessita de espaço, nada de trancar um animal dessa raça dentro de um apartamento. Eles precisam se movimentar por pelo menos 2 horas por dia, caso não possa sair, dê para eles um grande quintal, na qual ele possa correr e brincar sozinho.

É importante ainda adestrar essa raça, não que ele vá sair atacando, mas como ele é um animal extremamente forte é interessante ter cuidados com ele. Ele é ótimo caçador e para a caça, além de ser ótimo em alertar de diversos perigos. Também é bastante usado pela policia, pois são extremamente inteligentes e obedientes.

Mesmo não sendo uma raça agressiva, o seu territorialismo faz com que eles fiquem muito bravos quando algo pode ameaçar o espaço deles. Mas isso não modifica o carinho que tem pelas pessoas da família, principalmente as crianças. Porém, isso não quer dizer que qualquer pessoa pode entrar em sua casa e que ele ficará calmo.

Portanto, se você deseja ter um cão dessa raça para fazer a guarda de sua casa, fique atento para que seu muro não seja baixo e que não haja espaços no portão, onde crianças podem colocar as mãos. Os cães podem se sentir ameaçados e acabar atacando.